Se você gosta de jogos de luta ou costuma gastar as suas moedas em fliperamas, certamente já sentiu vontade de ter um controle arcade em casa. A vantagem é que ele pode servir para tornar a brincadeira muito mais divertida, já que um joystick normal nem sempre permite movimentos tão rápidos.

É claro que existem controles assim prontos para comprar. Mas qual é a graça? Aqui, nós gostamos de recriar os objetos com o máximo de detalhes possível. Então, prepare a furadeira e vamos aprender a construir um controle arcade completo, que poderá funcionar em diversas plataformas, entre elas o PlayStation 1, o PlayStation 2, o PlayStation 3, o Xbox 360 e o PC, bastando apenas conectar um adaptador.

Materiais

Vamos à lista de materiais necessários:

  • Kit controle arcade – manche + 8 botões;
  • 1 controle de PlayStation com fio;
  • 2 dobradiças metálicas;
  • Fios de cobre;
  • Papel contact;
  • 2 tábuas de madeira medindo 35 x 25 centímetros;
  • 2 tábuas de madeira medindo 35 x 7 centímetros;
  • 2 tábuas de madeira medindo 23 x 7 centímetros;
  • Ferramentas.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Importante: ao manusear ferramentas, utilize sempre os equipamentos de proteção: máscara, óculos e luvas.

Todo o conjunto contendo o manche, os botões e os contatos pode ser adquirido via internet, em sites como o Mercado Livre, por exemplo. Caso você tenha contato com algum fliperama, pode adquirir partes de máquinas antigas ou peças sobressalentes. A maioria é universal e possui o mesmo tipo de funcionamento.

Para a construção da caixa, foi utilizado compensado. Cortamos as madeiras antes de iniciar a montagem para economizar tempo. Caso você não tenha experiência com esse tipo de trabalho, é possível encomendar a um marceneiro que faça o corte, sendo assim, só será preciso montar.

Para fazer os furos na tampa e encaixar os botões, utilizamos as roscas que vêm junto com os botões como referência. Isso é importante, pois botões de marcas diferentes podem ter um diâmetro diferente. Para fazer os cortes, nós utilizamos uma serra copo.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Nós optamos por trabalhar com um modelo tradicional de arcade, que possui apenas seis botões de ataque mais dois botões de suporte na parte de cima. Veja o desenho que utilizamos, pois você pode tomá-lo como referência antes de planejar a sua montagem.

Ampliar (Fonte da imagem: Tecmundo)

Como o controle utilizado para este projeto é um DualShock, é possível adicionar mais dois botões de comando ao arcade, isso fica a seu critério, assim como o layout dos botões que, como será você quem vai construir, você pode fazer da maneira que melhor se adaptar à sua mão.

O controle de video game pode ser o modelo mais simples possível; o mínimo que ele precisa estar é funcionando adequadamente, pois vamos precisar apenas da placa de circuitos.

Preparando o gabinete

Como a caixa do arcade já está quase pronta, o que precisamos fazer é dar um pequeno acabamento a ela. Nessa parte, o que manda é a sua criatividade. Nós escolhemos trabalhar com um visual mais sóbrio, fazendo ela toda preta e cobrindo tudo com papel contact, que é barato, protege bem e dá um visual muito interessante. Além disso, a sua aplicação é relativamente fácil e rápida.

Lembre-se: antes de começar a aplicar o adesivo, a superfície deve estar completamente livre de impurezas, caso contrário, ela não vai ficar uniforme e o visual pode ser prejudicado.

O primeiro passo é cortar um pedaço grande o suficiente de adesivo para cobrir a parte de cima da tampa. Como essa é a parte que vai ficar mais exposta, é preciso certificar-se de que tudo está de acordo e caprichar muito bem nos detalhes.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Com o papel já cortado, vamos removendo a proteção do adesivo e colando sempre aos poucos, até cobrir toda a superfície. As bolhas de ar, que porventura possam se formar durante o processo, devem ser removidas.

Para finalizar essa parte, vamos recortar a parte dos botões utilizando um estilete.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Feito isso, devemos cobrir o restante da caixa, seguindo o mesmo procedimento. Se você optou por utilizar as mesmas medidas que nós, uma folha de papel contact padrão, que mede 1 metro x 45 centímetros, deve ser suficiente para cobrir todo o controle.

Adaptando os controles à caixa de madeira

Com a caixa inteira forrada, agora é a hora de acomodar os controles. Primeiro, encaixamos todos os botões na tampa. Depois, os prendemos no local.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Para completar, devemos encaixar os contatos nos botões. Serão eles os responsáveis pelas conexões eletrônicas mais à frente.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Depois de conectar tudo, vamos prender o manche. Quatro parafusos bem posicionados no lugar e pronto.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Preparando o circuito de conexão

Como nós vamos utilizar um controle de PlayStation como base, é preciso antes de tudo desmontá-lo. Vamos precisar somente da placa de circuitos do dispositivo, portanto o restante pode ser descartado.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Antes de começar a mexer nessa parte, vamos ligar a placa do controle no computador e testar sua funcionalidade. Como podemos ver, os comandos respondem muito bem, logo, agora é a hora de partir para o ferro de solda.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Todos os comandos do joystick funcionam da mesma maneira. Eles possuem dois contatos: um positivo e um negativo. Enquanto o sinal positivo é independente para cada um dos botões, o sinal negativo é o mesmo para todos eles.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Quando apertamos algum botão, o que acontece é um curto-circuito entre o sinal positivo e o negativo que é interpretado pelo sistema como comando.

Sendo assim, precisaremos soldar um fio para o sinal positivo de cada comando. Como o sinal negativo é compartilhado por todos os botões, é preciso soldar apenas um fio para todos eles. Porém, antes disso precisamos raspar a cobertura de cima do contato. Vamos fazer isso com um estilete.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Depois, aplicamos um pingo de solda sobre cada um dos contatos e finalizamos a solda dos fios.

Então, vamos efetuar mais um teste para ver se tudo está funcionando. Para fazer isso, encostamos o fio negativo (preto) em qualquer um dos positivos. Veja na tela como os botões funcionam.

Unindo o circuito com os comandos do arcade

Com os circuitos prontos, tudo o que precisamos fazer é unir os contatos de forma adequada. Vamos começar soldando uma trilha em todos os contatos negativos dos botões. Para fazer isso, utilizamos um fio desencapado.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Logo depois, soldamos o fio negativo no ponto inicial desta trilha.

Os fios dos botões devem ser presos em cada um dos contatos, assim como os fios do direcional. Lembre-se que o manche está de ponta-cabeça na hora de soldar os fios, portanto cuide para não inverter a direção!

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Depois disso, vamos dar um nó no fio do controle para evitar que ele escape com uma puxada e acabe desmanchando alguma solda.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Para finalizar, vamos parafusar as duas dobradiças no arcade. Isso vai facilitar a sua abertura no caso de algum comando parar de funcionar.

Multiplataforma

Para que o dispositivo possa ser utilizado em plataformas diferentes, você pode utilizar um adaptador de cada tipo ou um modelo universal, como esse, que permite que o controle seja compatível com um grande número de aparelhos diferentes.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Como quase todos os joysticks utilizados são similares e utilizam um princípio semelhante de funcionamento, você pode usar outros controles para construir o seu arcade. Basta substituir o DualShock que utilizamos por um controle de Xbox 360, de PC ou até mesmo de um de PlayStation 3. O controle pode, inclusive, ser sem fios.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Participe do Área 42

Você gostaria de participar do Área 42? Você pode fazer isso de duas maneiras. A primeira é enviando sugestões e ideias, e a segunda é enviando fotos de projetos que você construiu com o que mostramos aqui. Lembre-se de caprichar nas fotos e enviar junto o seu nome completo, idade e cidade.

Envie um email para: area42@bxk.com.br

Participação da semana

A participação desta semana é do Robson Monteiro Germano, de Presidente Prudente, SP. Ele seguiu as instruções e construiu um suporte para notebook conforme nós mostramos aqui no Área 42.

(Fonte da imagem: Robson Monteiro Germano)

A diferença é que o Robson decidiu modificar o projeto e adaptou um cooler diretamente na base, onde antes ficavam os canos perfurados. Segundo ele, isso ajudou muito a refrigerar o seu notebook, pois o cooler foi posicionado exatamente no local em que o computador mais esquenta. Para completar, o Robson adicionou alguns LEDs para iluminar o projeto.

Não deixe de enviar a sua participação!

Cupons de desconto TecMundo: