O aplicativo Snapchat ficou muito conhecido no final de 2013 por recusar uma proposta de compra de US$ 3 bilhões do Facebook. Embora a decisão sugerisse que a empresa estivesse em uma boa situação e com excelentes perspectivas de lucro, uma série de documentos confidenciais divulgados recentemente mostram exatamente o contrário: o Snapchat perdeu milhões de dólares pouco depois da tentativa de negócio com a rede de Mark Zuckerberg.

As informações vieram da Gawker, que colocou as mãos nos relatórios financeiros da empresa entre janeiro e novembro de 2014. Segundo as informações obtidas, o grupo teve um prejuízo de mais de US$ 128 milhões no início do ano passado, quando ainda não contava com um sistema de lucro por propagandas.

A situação só melhoraria no final do ano, quando a empresa ativou as propagandas dentro da plataforma. Segundo o balanço obtido, o Snapchat saiu com um lucro de mais de US$ 370 milhões perto do fim de 2014, mas não foram citados os ganhos do aplicativo com o famoso recurso “Discover”.

A notícia dos prejuízos no início de 2014 não surpreendeu a maioria dos especialistas. A maioria deles apontou, naquela época, que a decisão do grupo foi muito “arrogante” por negar uma proposta tão alta.

“Para que a valorização de US$ 3 bilhões do Snapchat seja razoável, você deverá assumir que ele gerará, digamos, US$ 500 milhões de receita e US$ 200 milhões de lucro”, comentou, na época, o analista e editor chefe do Business Insider, Henry Blodget.

Resta saber se o Snapchat conseguirá se manter com as publicidades e o recurso “Discover” inflando a receita da empresa, visto que o novo sistema de propagandas e transmissões promocionais não está agradando a maioria dos usuários do aplicativo.

Cupons de desconto TecMundo: