A febre de aplicativos de encontros, paquera e relacionamentos, como Tinder, Match, Grindr, OkCupid e muitos outros, está cada vez maior, mas quem é adepto desses serviços para encontrar a cara metade precisa também ter muito cuidado. Uma pesquisa recente realizada pela IBM revelou que 63% das ferramentas com esse propósito não são seguras.

Isso significa que dados pessoais e até bancários dos usuários estão vulneráveis a eventuais invasões e roubos virtuais. Alguns apps que possuem acesso a GPS e câmera podem ser ainda mais perigosos. Como este sábado é o Valentine's Day (o equivalente ao nosso Dia dos Namorados) lá fora, a preocupação cresce ainda mais. Ao todo, foram analisados os 41 aplicativos mais famosos da área para Android durante outubro de 2014.

Ou seja, além de ter cuidado para não cair em uma armadilha e passar dados pessoais para perfis falsos, você ainda pode sofrer furtos bem mais valiosos. Os maiores perigos incluem links que direcionam você para malwares (mas que as pessoas nem desconfiam se forem enviadas por alguém com uma foto bonita), dados de GPS usados para rastrear indivíduos, roubo de números de cartão de crédito, controle remoto de câmera ou microfone do celular e até o "sequestro" do perfil da vítima nesses aplicativos.

A IBM aconselha os usuários a serem discretos nas conversas e não revelarem informações demais, além de estudarem bem os apps e as permissões concedidas a ele antes da instalação. A senha utilizada nessas contas deve ser única (sem repetir em emails, por exemplo), e somente conexões WiFi seguras devem ser usadas.

E o meu Tinder?

A desenvolvedora IAC, responsável pelos populares apps Tinder, Match e OkCupid, tranquilizou os usuários em uma declaração oficial — ou seja, ainda com o devido cuidado, você pode continuar a utilizá-lo sem problemas.

"A IBM testou os apps de encontros da IAC, e eles não estão entre as ferramentas com as vulnerabilidades citadas. Estamos confiantes de que as medidas de segurança contínuas que tomamos dão a certeza de que nossos produtos alcancem os maiores padrões de proteção", diz o recado.

Cupons de desconto TecMundo: