O Brasil lidera a lista de países que têm os mercados mais competitivos do mundo para aplicativos mobile, de acordo com uma pesquisa chamada "2016 App Olympics", feita pela empresa Cheetah Ad Platform.

Foram analisados dados de 52 milhões de usuários Android para verificar como essas pessoas interagiam com seus apps e dispositivos móveis ao redor do mundo. A App Store da Apple já possui 1,8 milhão de aplicativos em sua biblioteca, enquanto a Google Play tem 2,3 milhões – e milhares de novos são lançados todos os dias.

Entre as informações coletadas estavam o uso médio mensal por usuário, o engajamento e a quantidade de vezes que os aplicativos eram abertos no mês. A média mundial é de que 27 aplicativos são utilizados, mas a interação mensal engloba 39 aplicativos.

Brasil na liderança

O Brasil apareceu na liderança, na frente do México e dos Estados Unidos, como o país que apresenta o maior engajamento dos usuários e também com o mercado mais competitivo para aplicativos móveis, de acordo com a Cheetah. Os brasileiros usam, em média, 29,23 aplicativos e interagem mensalmente com 53,62.

Nove países foram monitorados considerando o alto engajamento em categorias de jogos e aplicativos cotidianos. O estudo mostrou também aqueles que tinham pouca competitividade, que apresentam um panorama promissor para quem deseja desenvolver algum produto mobile específico.

Por aqui, áreas de pouca competitividade englobam games nos gêneros de educação, ação, corrida e simulação, enquanto os aplicativos que estão na briga por espaço são os relacionados a produtividade, personalização, apps sociais e games casuais.

Hábitos mundiais

A Cheetah preparou um infográfico com os principais resultados da pesquisa, e uma das informações mais interessantes é de que os apps sociais e de comunicação são usados de 3 a 10 vezes mais do que qualquer outro tipo de aplicativo.

Confira os principais dados:

Cupons de desconto TecMundo: