A Apple pode viver um ano histórico em 2016, mas a marca não é nada positiva. Pela primeira vez desde 2007, quando o primeiro iPhone foi lançado, a empresa espera e deve revelar uma queda nas vendas de seu mais famoso produto.

Quem confirmou a notícia foi o próprio CEO, Tim Cook, durante uma conferência sobre o estado financeiro da marca. Segundo ele, a queda acontecerá se a Apple vender menos de 61,2 milhões de iPhones neste trimestre. Os números são extremamente altos, é claro, mas assustam por não continuarem a curva ascendente da companhia.

Além disso, a Apple espera rendimentos entre US$ 50 bilhões e US$ 53 bilhões no segundo trimestre de 2016 — outro número insanamente alto, mas que seria menos que os US$ 58 bilhões do mesmo período do ano passado. Se a previsão acontecer, será a primeira queda de renda trimestral da Apple em 13 anos.

"Nós realmente acreditamos que as vendas de unidades de iPhone vão cair no trimestre. Nós não achamos que elas vão cair para os níveis dos quais vocês falam. Nós não vamos fazer projeções para além do próximo trimestre", afirmou o CEO.

O que está acontecendo com a Apple?

São vários os motivos que explicam a queda de rendimento e vendas da Apple. Um deles é o dólar alto, que encarece ainda mais o valor dos produtos da empresa fora dos EUA — sendo que o mercado internacional é responsável por 66% dos negócios da marca.

Além disso, a recepção do público em relação ao iPhone 6s e o iPhone 6s Plus não foi tão calorosa entre os usuários antigos: mais da metade dos donos de outros modelos do smartphone não fizeram a "atualização" para o aparelho mais moderno, mesmo com a facilitação de operadoras nos Estados Unidos. Por outro lado, os últimos três meses de 2015 foram de recorde de vendas para a Maçã, o que pode indicar — sendo otimista — que esse trimestre seria apenas um ponto fora da curva.

É claro que esse acontecimento não é nem de perto uma crise na Apple. Porém, mesmo com Tim Cook tentando amenizar a situação, é histórico que as vendas do iPhone já não estejam respondendo tão bem quanto antes — o que deve obrigar a empresa a rever suas estratégias para um iPhone 7.

O preço dos produtos da Apple são justos? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: