Playboy

Fonte da imagem: Playboy.

Ontem (19), a notícia de que um aplicativo da Playboy seria disponibilizado para o iPad causou euforia na web. Os detentores do tablet da Maçã já esperavam ansiosos pela chegada do mês de março, período previsto para o lançamento da novidade. Entretanto, hoje, a Fox News publicou uma matéria explicando que, na verdade, o projeto da revista de conteúdo adulto não envolve um app, mas um site adaptado para o gadget.

De acordo com o informativo, a página personalizada da Playboy funcionará por meio de um serviço de assinatura, assim como funciona com a revista física – a diferença é que você desfruta do conteúdo pelo eletrônico da Apple. Os valores e formas de pagamento da assinatura ainda são um mistério.

"Estamos lançando um serviço de subscrição baseado na web com a Bondi Digital Publishing, que dará aos usuários acesso a todas as edições da Playboy do passado e do presente. O serviço será compatível com o iPad e irá utilizar as funções do aparelho", comentou a porta-voz da empresa, Theresa  Hennessey.

A intenção da Playboy é driblar, através da disponibilização das fotografias na internet, as restrições impostas pela empresa de Steve Jobs à nudez. Existe um aplicativo da marca na App Store, porém, os recursos são limitados.

Cupons de desconto TecMundo: