Você já deve ter lido bastante sobre a história da Apple e sobre como ela saiu de uma garagem na Califórnia para se tornar uma das maiores empresas de tecnologia de todo o mundo. E como toda saga precisa de um primeiro passo, é sempre importante mencionar a importância do Apple-1, o primeiro computador criado pela empresa — que na época ainda operava de uma maneira totalmente artesanal.

Em 1976, o computador já mencionado começou a ser vendidos e conseguiu relativo sucesso no mercado — mesmo custando mais de US$ 600, o que para aquele período era um valor bem alto. Hoje, menos de 100 unidades do Apple-1 estão espalhadas pelo mundo e isso faz com que o aparelho se torne muito mais valioso do que era em seu lançamento — é preciso saber que o valor histórico agrega muito a isso.

Pois você deve imaginar que sempre que um Apple-1 vai à venda, ele faz com que muitos compradores queiram abrir as carteiras para que possam adquiri-lo. Nesta semana, uma unidade do aparelho foi à leilão e atingiu a marca de US$ 365 mil — bem menos do que a unidade vendida em outubro por US$ 905 mil. Segundo o The Guardian, o aparelho foi originalmente vendido pelo próprio Steve Jobs para Charles Ricketts (o antigo proprietário).

Cupons de desconto TecMundo: