(Fonte da imagem: Divulgação/Apple)

A Apple deve revelar um novo relatório financeiro em 23 de abril e, antes que o documento seja publicado, um analista já soltou palpites sobre o desempenho da empresa nos últimos meses em relação aos próprios investidores e a expectativa para os próximos.

Segundo Gene Munster, da firma Piper Jaffray, a Apple deve anunciar rendimentos entre US$ 42 bilhões e US$ 44 bilhões. Esse valor pode cair no relatório seguinte, em junho, algo considerado natural (e subir logo em seguida, já que novos produtos devem ser anunciados meses depois).

Além disso, Munster acredita que a Apple continuará recomprando ações da companhia e aumentando os dividendos dos acionistas, o que significa que está sobrando muito dinheiro em Mountain View.

Baixas expectativas

Por fim, Munster afirma que os investidores e homens de Wall Street não estão muito animados para o iPhone 6 nem para eventuais produtos que possam surgir junto com o smartphone, como um phablet e até um iWatch.

Mas isso pode ter o efeito negativo: os aparelhos podem surpreender, venderem bem e disparar as ações da Apple em um momento pouco esperado. Uma queda não é esperada: o mínimo que pode acontecer é a estabilização no valor — algo ruim para época de lançamento, mas que poderia ser pior.

Cupons de desconto TecMundo: