Pirataria para quê? (Fonte da imagem: Divulgação/Apple)

Na conferência que anunciou os novos iPads, a Apple ainda apresentou algumas novidades de software, como suas suítes de aplicativos iWork e iLife. Esses dois pacotes foram atualizados para novas versões e quem já tinha comprado anteriormente esse conteúdo poderia atualizar seus apps gratuitamente. Acontece que quem tinha uma cópia pirata desses softwares em seus Macs, até versões de testes, conseguiu realizar a atualização sem pagar nada pela Mac App Store.

De acordo com o 9toMac, a falha pode ser decorrente da falta de verificação de licenças da loja de apps da Maçã. Ou seja, ela simplesmente não checa o registro dos programas instalados no computador. Dessa maneira, quem ativou seus apps piratas com chaves de produtos comprados em lojas físicas não parece ser rastreado de maneira alguma pela Apple.

A Maçã já deve ter percebido a falha e retirou do ar a versão de testes dessas suítes de aplicativos na Mac App Store. Dessa maneira, somente as versões piratas continuam sendo atualizadas a partir da loja gratuitamente. Outros softwares na loja também estão sofrendo o mesmo problema.

O prejuízo para a empresa pode ser bastante alto, levando em consideração que apenas uma das suítes está sendo vendida por US$ 200, cada cópia, para quem ainda não tinha um registro do pacote. Até o momento, a empresa não comentou sobre o assunto e também não conseguiu resolver a falha.

Cupons de desconto TecMundo: