(Fonte da imagem: Reprodução/Reuters)

Dois ex-funcionários da Apple estão entrando com um processo contra a empresa por um motivo bastante curioso: ambos querem receber um pagamento de horas extras pelo tempo que eles gastaram com as revistas de bolsas feitas pela companhia.

O motivo das reclamações se deve ao fato da empresa realizar revistas nas bolsas sempre que um empregado sai da loja, para evitar furtos. O problema, segundo o Reuters, é que tais revistas possuem uma fila de espera que varia de cinco a dez minutos, e são feitas várias vezes por dia em horários fora do expediente – incluindo no horário de almoço e na saída do trabalho. Logo, eles chegavam a perder quase meia hora por dia sem ganhar nada para isso.

De acordo com a Folha de São Paulo, os ex-funcionários alegam que a soma das horas extras não pagas pela Apple somam $ 1.500 (R$ 3.424). Com o processo, ambos esperam conseguir uma ação de classe em nome de todos os empregados atuais e antigos da companhia contratados por hora; resta aguardar para saber quem sairá vencedor na disputa.

Cupons de desconto TecMundo: