Apple Store: experiência única (Fonte da imagem: Daily Mobile)

A Apple mantem seus notebooks milimetricamente inclinados e alinhados dentro das Apple Stores. Há uma justificativa para isso que vai além de um conceito estético: essa seria uma forma da empresa vender mais. A opinião é de Carmine Gallo, ex-jornalista das redes CNN e CBS, em um artigo publicado na prestigiada revista de negócios Forbes.

Gallo passou um ano inteiro pesquisando a experiência da Apple Store e descobriu muitos segredos do seu sucesso. Por exemplo: ele notou que o funcionário que abre a loja de manhã usa um aplicativo do iPhone para inclinar todas as telas com exatamente o mesmo ângulo. Mas qual a razão disso?

A Apple Store presta atenção em cada detalhe, afirma Gallo. Confira sua opinião (em tradução livre):

"Você pode pensar que as posições de todos os notebooks da Apple são definidas por razões estéticas. Isso é parcialmente verdadeiro. As mesas são organizadas e os produtos estão limpos. Mas o principal motivo das telas estarem ligeiramente inclinadas é incentivar os clientes a ajustá-las para uma visão ideal de ângulo. Em outras palavras, tocar no notebook!"

Experiência de propriedade

Segundo ele, é por isso que os computadores e iPads são carregados com aplicativos e softwares, além de estarem sempre conectados à internet. “A Apple quer que você veja a tela por si mesmo e experimente o poder e o desempenho dos aplicativos”. Os clientes podem ficar o tempo que quiserem mexendo nos dispositivos e ninguém vai pressioná-los a sair. “A experiência de propriedade é mais importante do que uma venda”, explica.

Para Gallo, essa experiência é única na Apple Store. Em outras lojas, os produtos costumam estar desligados, com vendedores mais interessados em empurrar o produto do que em mostrar a experiência com ele. O jornalista acredita ser esse o motivo pela qual as empresas como a Best Buy estão com dificuldades financeiras, procurando maneiras de melhorar a experiência do cliente. “Eles podem começar visitando uma Apple Store”, alfineta.

Fonte: Forbes

Cupons de desconto TecMundo: