Após anos de mistério e as mais variadas teorias da conspiração, eis que finalmente surgiu alguém para explicar algo que sempre colocou uma pulga atrás da orelha dos designers e especialistas em marketing.

Estamos falando das tampas dos notebooks da Apple que, até mais ou menos oito anos atrás, ficavam de ponta-cabeça quando algum desses aparelhos estava aberto. Para responder a pergunta, o Gizmodo trouxe algumas declarações de Joe Moreno, um ex-funcionário da companhia.

Segundo ele, a empresa contava com um canal de comunicação interna que permitia aos colaboradores questionar praticamente qualquer coisa. Foi por meio dele, algumas pessoas resolveram perguntar: “Por que o logo da Apple fica de ponta-cabeça nos laptops quando eles estão abertos?”.

Os designers que trabalhavam lá na época trouxeram a resposta. De acordo com os profissionais, se a marca fosse posicionada para ficar de pé com o notebook em funcionamento, consequentemente, quando a tampa estivesse abaixada a imagem ficaria posicionada de ponta-cabeça para a pessoa que o estivesse utilizando.

No seriado "Sex and the City" o problema foi resolvido! (Fonte da imagem: Reprodução/Appadvice.com)

Logo, isso faria com que muitos donos dos computadores acabassem confundindo o lado por onde o aparelho era aberto, algo comprovado na época por vários estudos realizados pela companhia.

Como não poderia deixar de ser, o gênio dos negócios e co-fundador da empresa, Steve Jobs, conseguiu “chamar a responsabilidade” e mudar esse conceito, fazendo com que a logo da Apple ficasse sempre de pé com os notebooks abertos.

A explicação foi simples: encontrar o lado certo de se abrir o aparelho é fácil e leva poucos segundos. Em contrapartida, corrigir uma percepção errada da marca é um problema que pode durar para sempre.

Fonte: Gizmodo

Cupons de desconto TecMundo: