Desde que a Apple processou a Samsung por um suposto plágio do Galaxy Tab com relação ao iPad, entre outros produtos, a guerra já ganhou vários capítulos, como a proibição da venda do tablet em alguns lugares. Ainda assim, o acontecimento mais recente é de longe o mais bizarro.

Como prova de que não teria utilizado patentes pertencentes à Google, a Samsung declarou em sua mais recente defesa que o próprio iPad não é um conceito original. Até aí tudo bem, mas a fonte utilizada pelos coreanos foi o filme “2001: Uma Odisseia no Espaço”, de Stanley Kubrick.

Uma das cenas do longa, que foi lançado em 1969, mostra a conversa de um pesquisador com dois astronautas e um computador, através de um aparelho de comunicação bastante similar aos tablets de hoje em dia: fino, retangular e com uma tela que ocupa quase todo o espaço do aparelho. Segundo a Samsung, o objeto futurista teria servido como arte prévia para o iPad e, portanto, a Apple seria igualmente culpada pela cópia.

De acordo com o responsável pelo blog FOSS Patents, que divulgou a tentativa da Samsung, é difícil que a corte aceite o argumento contra a Apple. Ainda assim, é interessante para os fãs do filme ver a obra sendo utilizada em um contexto tão peculiar.

Cupons de desconto TecMundo: