De acordo com uma reportagem da Bloomberg Technology, a Apple teria abandonado seus planos para desenvolver e fabricar um carro elétrico autônomo. Contudo, a companhia ainda estaria focada no desenvolvimento do software para um produto nessa linha.

 Apple poderia fazer uma parceria com uma fabricante de carros já estabelecida

Não se sabe se Maçã tem a intenção de licenciar sua criação para outras marcas usarem o eventual sistema operacional para autônomos, mas, dada a tradição da marca em relação a esse tipo de negócio, essa estratégia seria muito improvável. Em vez disso, a Apple poderia fazer uma parceria com uma fabricante de carros já estabelecida para fazer “hardware” em seu lugar.

O principal problema no caminho da criação do “Apple Car” teria sido a incapacidade da Maçã de assegurar contratos estritos com fornecedores de componentes (autopeças) da mesma forma como faz na sua linha de produção de eletrônicos.

Contratar funcionários especializados em inteligência artificial

Ou seja, as fabricantes do setor automotivo simplesmente não estariam dispostas a dedicar linhas de montagem “ultrasseguras” para a empresa nem trabalhar com alto grau de exclusividade em um projeto inicialmente duvidoso.

Diante desse problema, a Maçã teria demitido dezenas de pessoas do seu “Projeto Titan” que trabalhavam na seção mecânica estrutural do carro elétrico, para contratar funcionários especializados em inteligência artificial. Informações sobre esse suposto acontecimento já têm pipocado na imprensa norte-americana há meses, vindas do New York Times e da própria Bloomberg.

Liderança

Fora isso, o projeto também teria sofrido várias dificuldades de liderança, com Steve Zadesky tendo supostamente pedido demissão do cargo de diretor do Titan no início deste ano por conta de uma “incrível falha de liderança”, segundo afirmaram as fontes da Bloomberg. Vale lembrar aqui que, por enquanto, tudo isso é especulação e vazamento de informações. A Apple nunca confirmou sequer a existência do tal projeto ou sua intenção de entrar no segmento automotivo.

A agência de notícias ainda afirma que os executivos da Apple teriam dado até 2017 para o time em questão provar a viabilidade do seu software. Não ficou claro, entretanto, se isso quer dizer que eles devem mostrar um protótipo bastante funcional ou apresentar planos mais simples e estudos de viabilidade. Será que esse “Apple Car” um dia vai sair?

Cupons de desconto TecMundo: