Esta é mais uma daquelas notícias que deixa o dia de todos nós um pouco mais cinza: o Brasil continua vendendo o Apple iPhone mais caro do mundo, desde 2015. A informação vem do relatório anual da Deutsche Bank, que publica preços de varejo de inúmeros produtos globalmente.

Já em último lugar na lista, o que é uma boa coisa, está os Estados Unidos, país que abriga a Apple. No relatório da Deutsche Bank, o iPhone 6 custa US$ 708 por lá. Enquanto isso no Brasil, o mesmo smartphone sai por US$ 1.254 — outras pesquisas anteriores também mostraram o posição insólita do país, como essa, essa e mais essa.

Em conversão direta, significa que pagamos R$ 4,5 mil por um aparelho que, na verdade, deveria ser vendido por um preço em torno de R$ 2,5 mil. É válido notar que estes são os preços válidos para 2015. Para 2016, está assim:

  • 1° Brasil: US$ 931 (R$ 3,3 mil)
  • 27° EUA: US$ 598 (R$ 2,1 mil)

O relatório

Os dados foram compilados pelo executivo Jim Reid, que pegou dados de mais de 20 metrópoles no mundo. Como nota, ele ainda disse o seguinte como dica para turistas: "Não perca o seu celular enquanto estiver em viagem no Brasil, Índia, Suécia, Dinamarca ou Itália".

Um pouco triste para nós brasileiros, não? Veja o relatório completo aqui embaixo.

Brasil campeão!

Vale a pena pagar mais de R$ 4,5 mil em um iPhone 6? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: