E a Apple começa a passar por um momento um pouco "turbulento": as ações da Maçã fecharam a semana passada com o menor valor de mercado desde junho de 2014, valendo US$ 92,72 (R$ 329). Ao que parece, o culpado disso também é o negócio de maior valor para a Apple, o iPhone — sozinho, o smartphone representa mais de 60% da receita da companhia.

Desde o dia 26 de abril, segundo o Business Insider, a Apple perdeu mais de 11% no valor de ações por causa dos ganhos "baixos" com as vendas do iPhone. 11% não é pouca coisa: no total, significa que a Maçã perdeu alguns bilhões de dólar em valor de mercado.

Segundo investidores, o futuro também é preocupante. Com o amadurecimento de mercados em países desenvolvidos, como Estados Unidos da América, Canadá e outros na Europa, as vendas de novos iPhones devem ser mais baixas ainda. Outro ponto citado é que as atualizações de sistema e hardware não são o suficiente para justificar uma troca de aparelho.

Últimos dois anos

Por último, a China é um mercado bom para a Apple. Contudo, por causa de diversas regulamentações locais, o ambiente está se tornando "hostil" para a Maçã, de acordo com o BI. Para resolver estas questões, o CEO Tim Cook vai até o país ainda neste mês.

Vale a pena trocar de celular todo ano? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: