A Apple iniciou a conferência desta quarta-feira (9) com novidades relacionadas ao relógio inteligente Apple Watch. Em um ritmo ainda lento e sem grandes revelações, o CEO, Tim Cook, e o responsável pela divisão, Jeff Wiliamms, soltaram alguns números interessantes sobre o produto e fizeram uma importante confirmação.

A principal novidade é a chegada da primeira grande atualização de firmware para o relógio inteligente. O watchOS 2 será disponibilizado em 16 de setembro (próxima quarta-feira).

Entre outros dados, foi revelado que a satisfação do consumidor em relação ao produto foi contabilizada pela Apple em 97%. Além disso, foi confirmada a existência de 10 mil aplicativos já existentes para o Apple Watch na App Store.

Novos recursos

Enquanto os serviços da própria Apple estão cada vez mais cheios de recursos, o relógio permitirá que apps terceirizados rodem diretamente no Apple Watch e tenham acesso a todos os recursos e sensores do produto. Eles possibilitam que você veja uma quantidade enorme de conteúdo feito pelas mais diversas desenvolvedoras.

O Facebook Messenger também foi confirmado e demonstrado, agora com a opção de trocar recados de texto e áudio entre você e seus contatos. O iTranslate também apareceu rapidamente com a capacidade de exibir expressões e frases inteiras em vários idiomas.

Outra novidade é que, ao girar a coroa do Apple Watch, você pode "voltar no tempo" e ver notificações antigas, como previsão do tempo anterior ou notícias que bombaram mais cedo. Novas "caras" para o relógio serão disponibilizadas, incluindo skins com as suas próprias fotos ou diferentes configurações de widgets. Novidades relacionadas a recursos da Siri, do Apple Pay e do despertador (um modo "Soneca"!) também foram confirmadas.

Cupons de desconto TecMundo: