Um relatório divulgado pela BI Intelligence mostra que, até o ano de 2020, o Apple Watch pode conquistar nada menos que 40% do mercado de relógios de luxo. Para chegar a essa conclusão, a consultoria considerou produtos da categoria que custam US$ 350 ou um valor superior.

Segundo a empresa, a Apple deve vender nada menos que 40 milhões de unidades de seu dispositivo vestível nos próximos 5 anos. A consultoria aponta que a maioria dos consumidores cogita investir em produtos do tipo por capacidades relacionadas à saúde e à prática de exercícios, dando preferência do gadget da Maçã do que a dispositivos Android.

O relatório sugere que o mercado de dispositivos vestíveis deve crescer em um âmbito geral, mas deve haver uma diminuir na participação das tiaras para exercícios conforme smartwatches ganham espaço. Segundo a empresa, produtos como a Fitbit devem responder a somente 42% dos lucros do segmento em 2020.

Cupons de desconto TecMundo: