Dentre todas as características do Apple Watch, a resistência à água do relógio inteligente foi uma das que menos recebeu informações por parte da Maçã — ela só avisou que o gadget tem certificação IPX7 (ou seja, aguenta suor e pequenos respingos), mas não falou nada sobre tempo de exposição ao líquido ou até se é possível submergir completamente o dispositivo.

Agora, o canal do YouTube DC Rainmaker resolveu pular na água com o Apple Watch em uma série de testes para levar o relógio ao limite e saber até que ponto a tal resistência funciona. No primeiro clipe, que você confere acima, ele passa 25 minutos nadando em uma piscina de 1.000 metros com o dispositivo no pulso. O aparelho continua ligado e operando, mas a tela úmida torna a navegação um pouco difícil. A precisão do sensor de batimento cardíaco, entretanto, foi comprometida enquanto ele estava na água.

No segundo clipe, ele pula duas vezes de uma plataforma de salto de 5 metros (e, depois, de uma de 10 metros) direto para uma piscina de clube utilizando o Apple Watch. Ele passa pouco tempo na água, mas a ideia é justamente testar a pressão e o impacto. Novamente, o funcionamento não apresentou problemas.

O último teste é o mais radical, pois utiliza uma câmara de pressão que simula uma profundidade de 40 metros. O aparelho fica até dez minutos mergulhado. No final do clipe, é possível notar que o relógio continua funcionando normalmente, inclusive em alto-falantes e microfone (ele ainda consegue falar com a Siri, por exemplo).

O resultado?

Apesar de continuar funcionando depois dos testes, o Apple Watch não é considerado impermeável pela Apple e, portanto, não é recomendável que os usuários façam alguma "loucura" com ele na água. Mais de meia hora em contato direto, entretanto, pode ser fatal para o dispositivo — esse é o tempo médio que relógios e pulseiras inteligentes costumam suportar.

Ainda assim, parece que a Apple foi um pouco mais além na resistência do produto, como os testes parecem provar. Ou seja, caso ele caia e fique um pouco molhado ou você entre no banho sem querer com ele ainda no pulso, há esperanças de que esses descuidos não resultem em perda total.