De acordo com uma pesquisa realizada pela Phoenix Marketing nos EUA, dois a cada três usuários do Apple Pay encontram ou já encontraram dificuldades na hora de realizar qualquer pagamento com o novo sistema da Maçã. Uma das principais dificuldades é o desconhecimento dos funcionários das lojas cadastradas, que simplesmente não têm ideia de como realizar operações dessa natureza.

Quando os caixas sabem operar esse mecanismo, alguns problemas técnicos podem aparecer. Muitos usuários relataram que o processamento dos pagamentos pode ser bem demorado, e, às vezes, as cobranças vêm duplicadas na conta do cliente.

Demanda vs. Satisfação 

“A demanda existe: 59% dos usuários cadastrados foram até uma loja e pediram para pagar com o Apple Pay”, disse Greg Weeds do Phoenix Marketing. “Mas também existe decepção: 47% dessas pessoas visitaram lojas cadastradas só para descobrir que o estabelecimento não aceitava ou não estava pronto para aceitar o Apple Pay”, completa.

Nesta semana, o Banco do Brasil lançou o primeiro app comercial do Brasil que faz algo similar ao Apple Pay. A diferença é que, por aqui, a maioria das maquininhas de cartão já é compatível com o NFC, tecnologia usada por ambos os sistemas para realizar os pagamentos. Nos EUA, entretanto, isso ainda é um tanto raro.

Apesar disso, por aqui também o desconhecimento dos lojistas quanto à novidade ainda impede o serviço do banco de se popularizar. Confira mais sobre o app de pagamentos NFC do BB aqui.

Cupons de desconto TecMundo: