Evitando seguir os passos do Google Wallet que, apesar de estar presente há dois anos no mercado, nunca realmente engrenou, o sistema Apple Pay pode adotar táticas mais agressivas na tentativa de angariar usuários. Além de ter como vantagem a associação a um produto conhecido (o iPhone 6 e seu modelo Plus), o sistema de pagamentos pode adotar em breve um sistema de fidelidade para atrair mais usuários.

Informações obtidas pelo site Bank Innovation indicam que os parceiros da Apple já trabalham em formas de oferecer recompensas aos clientes que adotarem a novidade. Embora originalmente a companhia pretendesse adotar essa estratégia a tempo das festas de fim de ano, o trabalho necessário para isso fez com que a empresa adiasse seus planos.

A expectativa atual é a de que o plano de recompensas deve fazer sua estreia somente em 2015 junto ao lançamento do “Apple Pay 2.0”, algo que deve acontecer no mês de outubro. O sistema usaria recursos do iBeacon, do iAd e do próprio Apple Pay, identificando o momento em que você entra em determinada loja para oferecer descontos especiais ou até mesmo produtos gratuitos.

Para que o plano possa dar certo, no entanto, a Apple vai precisar que uma quantidade maior de lojas adote o sistema iBeacon. Embora a empresa tenha adotado uma estratégia agressiva nesse sentido — oferecendo o sistema gratuitamente, em alguns casos —, ela ainda tem muito a ampliar em matéria de infraestrutura antes que um plano de recompensas com a abrangência que ela pretende adotar se torne uma possibilidade viável.

Cupons de desconto TecMundo: