O Apple Pay, serviço de pagamentos móveis desenvolvido pela Apple, começou a funcionar hoje (25) no Japão. Porém, a estreia da plataforma no país oriental não foi lá das melhores — poucas horas após o lançamento, milhares de usuários começaram a reclamar de falhas e instabilidades que o impossibilitavam de cadastrar seu Suica, passe de transporte virtual utilizado para pagar as passagens nos trens da companhia férrea East Japan.

Ao que tudo indica, os servidores da Maçã não conseguiram suportar a alta demanda pelo serviço e acabaram saindo do ar. Os representantes da companhia no Japão não quiseram comentar sobre o caso, mas, de acordo com o analista Eiichiro Yanagawa, da Celent, a experiência, por mais que seja vergonhosa, mostra o sucesso da plataforma Pay e pode ser útil para que a Apple melhore seus serviços no futuro.

Vale observar que, atualmente, o Apple Pay está disponível em 11 outros países além do Japão: Estados Unidos, Reino Unido, Canadá, Austrália, China, Singapura, Suiça, França, Hong Kong, Rússia e Nova Zelândia. Infelizmente, ainda não há previsão para que a plataforma comece a operar no Brasil.

Cupons de desconto TecMundo: