As duas últimas semanas do ano que acabou de se encerrar só trouxeram coisas boas para a Apple. Em um comunicado oficial para a imprensa, a empresa de Cupertino revelou que a arrecadação durante o período de Festas de 2015 (entre as datas 21 de dezembro e 3 de janeiro) atingiu US$ 1,1 bilhão, cerca de R$ 4,4 bilhões, divididos entre as vendas de aplicativos e transações monetárias dentro dos mesmos.

A arrecadação bateu todos os recordes da Apple nessa época do ano. O dia 1 de janeiro de 2016 foi a data única com maior número de vendas, tendo gerado para a empresa US$ 144 milhões, cerca de R$ 578 milhões. O recorde anterior de maior ganho em um único dia havia sido realizado apenas uma semana antes, na data do Natal.

Acelerando a economia

“A App Store teve uma época de Festas que quebrou todos os recordes. Estamos animados por nossos clientes terem baixado e curtido tantos aplicativos incríveis para iPhone, iPad, Mac, Apple Watch e Apple TV, tendo gastado durante o ano passado mais de US$ 20 bilhões (R$ 80 bilhões) apenas na App Store”, disse Philip Schiller, vice-presidente sênior de marketing internacional da Apple. “Somos gratos por todos os desenvolvedores que criaram os aplicativos mais inovadores e divertidos do mundo para nossos clientes. Mal podemos esperar pelo que há por vir em 2016”.

Toda essa movimentação financeira agitou bastante a economia nos anos anteriores: no mundo todo, a App Store já rendeu cerca de US$ 40 bilhões, aproximadamente R$ 160 bilhões, para desenvolvedores desde o ano de 2008. A criação de aplicativos para iOS já gerou cerca de 1,2 milhão de empregos na Europa e nada menos que 1,4 milhão apenas na China.

Frutos ao redor do mundo inteiro

Nos Estados Unidos, os números também impressionam, com 1,9 milhão de empregos gerados, sendo que um terço deles, mais de 1,4 milhão, é composto de criadores de aplicativos, engenheiros de software e outros empreendedores envolvidos no desenvolvimento de programas para o iOS, além de empregos não relacionados à tecnologia da informação que são beneficiados direta ou indiretamente pela economia dos apps.

Entre os jogos mais populares na App Store nesse final de 2015 estão Minecraft: Pocket Edition, Trivia Crack e Heads Up!. Entre os aplicativos de conversa, os líderes foram Facebook Messenger, WeChat e Snapchat. Os jogos mais rentáveis que envolvem o pagamento de assinaturas ou outros valores internamente foram Clash of Clans, Monster Strike, Game of War: Fire Age, Fantasy Westward Journey. Outros serviços muito populares baixados foram o Netflix, o Hulu e o Match.

Cupons de desconto TecMundo: