O comércio de aplicativos para plataformas mobile tem crescido em receita a cada ano de forma exponencial, mas, em 2014, esse setor da economia chegou a um patamar que parecia muito distante há pouco tempo. Somente na App Store americana, a loja de aplicações mobile da Apple, foram gerados US$ 14,3 bilhões durante o ano. Com ingressos de cinema nos EUA, Hollywood conseguiu US$ 10,15 bilhões.

A diferença é bastante significativa, mas é necessário ressaltar que essa arrecadação com a bilheteria do cinema norte-americano não é a única fonte de renda da indústria do audiovisual em Hollywood. Estúdios licenciam filmes para a TV, para serviços de streaming, vendem DVDs, comercializam produtos relacionados aos personagens de suas produções e assim por diante.

Fora isso, a Apple fica com 30% de todo o dinheiro circula em sua loja através da venda de apps ou do comércio de itens dentro dos próprios aplicativos. Isso quer dizer que, dos US$ 14,3 bilhões, foram repassados para os desenvolvedores cerca de US$ 10 bilhões.

Infelizmente, a agência que fez essa comparação, a Asymco, não calculou os valores alcançados pela Google Play ou pela loja do Windows Phone. Dessa maneira, não podemos ter uma avaliação mais ampla do mercado de apps e do audiovisual. 

Cupons de desconto TecMundo: