Todo mundo sabe que a Apple sempre foi muito rígida no que diz respeito às políticas que os desenvolvedores precisam seguir para ter seus aplicativos aceitos dentro da App Store. A companhia sempre proibiu a existência de qualquer programa voltado para o download de arquivos via torrent dentro de sua loja de aplicativos – com isso, ela não permite que donos de iPhones e iPads baixem quaisquer tipos de conteúdos piratas usando os aparelhos móveis da marca.

Contudo, um cliente do serviço BitTorrent acaba de ser aceito na App Store e já está disponível para qualquer pessoa disposta a pagar US$ 2,99 para utilizá-lo em seu gadget. Desenvolvido pelo programador Harrison Tyler, o software usou um truque bastante simples para passar despercebido pelo pente fino de Tim Cook: ele inicialmente foi apresentado como um aplicativo compatível somente com sites hospedeiros de torrents legais, como o Archive.org e o LinuxTracker.

Contudo, uma vez dentro da App Store, Tyler fez uma pequena modificação no Blue Downloader que acaba alterando todas as regras do jogo: ele inseriu uma ferramenta de pesquisas da Google dentro do programa, possibilitando o acesso a sites popularmente conhecidos para quem deseja obter arquivos ilegais – como o aclamado The Pirate Bay. Resta saber quanto tempo vai demorar até que a Apple se dê conta do truque e retire o software do ar; até que isso aconteça, você pode acessá-lo à vontade usando este link.

Cupons de desconto TecMundo: