Uma das novidades da WWDC (Wordwide Developers Conference) é a revelação do iOS 11 – para os outros produtos, a Apple revelou o macOS High Sierra. Porém, não se trata apenas de um novo tapa no visual do sistema, e sim de diversas novidades interessantes, como é o caso da reformulação completa da App Store.

Atualmente, a loja de aplicativos da Maçã tem 500 milhões de visitantes por semana, que totaliza mais de 180 bilhões de downloads (número que não conta atualizações ou redownloads) e US$ 70 bilhões de dólares pagos aos desenvolvedores no geral. Em outras palavras: trata-se de uma forma de negócio bem grande. E por conta disso, a loja passará por reformas no iOS 11.

A mudança mais óbvia é a visual, que será refeita para ser mais amigável e complexa, com descrições completas dos apps e até mesmo artigos sobre os principais aplicativos da App Store. Agora, também haverá a opção de incluir compras in-app diretamente na loja, ideal para que o jogador ou usuário não tenha que encontrar esses itens extras em menus complexos dos utilitários.

Porém, uma das maiores novidades mesmo ficam para as duas áreas inéditas: o Today e o Games. O Today será um setor perfeito para encontrar apps do momento, bem similar ao atual “Destaques”, mas com uma curadoria mais avançada e descrições mais completas, quase como um portal para encontrar novidades bacanas.

Além da curadoria nova e o visual reformulado, o processo para aprovar apps na App Store será agilizado

Já o Games será uma área similar à da Steam, com uma espécie de “página dedicada” que também terá uma curadoria melhor. Dentro dessa aba, todas as páginas de jogos serão melhor organizadas, trazendo reviews de usuários de maneira mais evidente e acessível. Além disso, o processo de aprovação para novos utilitários serem aprovados foi refinado, demorando até 24 horas para que os desenvolvedores recebam o aval. Tudo isso chegará junto com iOS 11, que está planejada para o fim do ano, mas uma versão Beta estará disponível no fim desse mês.

Cupons de desconto TecMundo: