Quando o assunto é proteger o computador contra as pragas, surgem duas questões — Qual aplicativo usar? Qual é o melhor? Infelizmente não existe um programa que podemos chamar de “o melhor de todos”, mas sim aplicativos com características marcantes, cada qual se destacando em quesitos diferentes. A escolha do software correto depende muito do modo como o computador é utilizado, da configuração deste e do quanto você está disposto a investir.

Quanto ao modo que o computador é utilizado, devemos analisar dois itens: a freqüência com que se usa a Internet (se houver conexão existente) e a quantidade de dispositivos e mídias portáteis conectados a ele eventualmente. Para um computador que não tem uma conexão com a Internet, ou esta é utilizada raramente, um antivírus mais simples que combata os principais tipos de pragas, como vírus e spywares, já dá conta do recado. Para aqueles que possuem conexão direta (ADSL, por exemplo) e/ou estão em uma rede compartilhada, é imprescindível o uso de um aplicativo mais robusto. O mesmo vale para computadores que são usados com freqüência para as transferências de arquivos através de pendrives, CDs, DVDs etc.

Em se tratando da configuração da máquina, a escolha é uma conseqüência direta do modo que o computador é utilizado. Um antivírus mais simples tende a ser mais “leve”, enquanto os mais robustos irão consumir um pouco mais de recursos — memória e processamento — da máquina. Já o investimento aplica-se àqueles que desejam contar com a proteção de um aplicativo pago. Antivírus pagos não são necessariamente melhores que os gratuitos, mas geralmente oferecem mais recursos ao usuário. A escolha correta é crucial para que o seu dinheiro seja bem investido e, é claro, seu PC efetivamente protegido.

Para aqueles que não estão dispostos a pagar nada, ao menos por enquanto, para proteger o computador contra pragas, a equipe do Baixaki relacionou quatro antivírus gratuitos em um quadro comparativo de recursos, visando facilitar a sua decisão (se a dúvida for entre os quatro, é claro!). Vale ressaltar que esse quadro não indica que um é melhor que o outro, já que uma série de outros fatores, principalmente uma análise do mecanismo de detecção, deveria ser levada em conta.

Qual se encaixa melhor ao seu perfil de uso?

* O AVG Free não possui o recurso de antiphishing, porém oferece um recurso capaz de verificar a existência de pragas em sites relacionados em resultados de pesquisas (estas realizadas no Google, Yahoo! etc.), antes que esses sejam acessados.
** O recurso oferecido pelo Avast! Home Edition não chega ser efetivamente um firewall. Ele apenas intercepta pragas que se propagam pela rede, analisando o conteúdo que por ela trafega.
*** Apesar do ícone exibido na systray (barra de sistema ao lado do relógio), o BitDefender AntiVirus Free não oferece proteção em tempo real. Inclusive o próprio desenvolvedor aconselha o uso de uma ferramenta mais completa em casos de computadores que possuam conexão constante com a Internet.
**** Dados obtidos em 29/07/2008.


Como pode ser observado no quadro acima, cada um dos antivírus cumpre seu papel quando enquadrado em situações específicas. O Avast! Home é o mais indicado àqueles que usam a Internet com freqüência; o AVG Free e o Avira AntiVir Personal são os intermediários, indicado àqueles que usam o computador moderadamente e o BitDefender AntiVirus Free para quem deseja apenas analisar o sistema em busca de vírus, recomendado a computadores que não possuem acesso a Internet.

Teste por demanda da virus.gr.

Recentemente, mais precisamente em Junho do ano corrente, foi efetuado um teste por demanda dos mecanismos de detecção de aproximadamente 50 softwares antivírus pela virus.gr. Estes testes não são muito precisos, já que as proporções dos tipos de pragas variam de um para outro. Mas dá para ter uma idéia de como os aplicativos estão evoluindo (ou não!). Foram utilizadas 246705 pragas nesse teste. Os cinco primeiros colocados foram:

1. G DATA 2008 version 18.2.7310.844 - 99.05%
2. F-Secure 2008 version 8.00.103 - 98.75%
3. TrustPort version 2.8.0.1835 - 98.06%
4. Kaspersky version 8.0.0.357 - 97.95%
5. eScan version 9.0.742.1 - 97.44%

Dos softwares gratuitos citados no início da matéria, quem levou a melhor foi o Avira AntiVir Personal, na 10º colocação com 95.54% de detecção. Logo em seguida o AVG Free, em 11º, com 94.85% de detecção, seguido pelo Avast! Professional (segundo o site, utiliza exatamente o mesmo mecanismo da versão Home) com 93.78% em 13º e, por último, o BitDefender AntiVirus Free, em 16º com 91.32%. Clique aqui para ver o relatório do teste na íntegra (em inglês).
($InsereProgs$)($CODInsereProgs$)5576,4866,3586,19044,51407,27069($/CODInsereProgs$)

Cupons de desconto TecMundo: