Imagem de: Hacker consegue rodar apps para Android em PCs com Windows, Mac e Linux

Hacker consegue rodar apps para Android em PCs com Windows, Mac e Linux

1 min de leitura
Avatar do autor

Na quinta-feira da semana passada (11), noticiamos que a Google tinha atualizado o Chrome OS para permitir a execução de apps desenvolvidos para Android. No entanto, os quatro apps compatíveis (Duolingo, Evernote, Sight Words e Vine) que foram anunciados não foram suficientes para satisfazer a maioria dos fãs da plataforma da Google.

Segundo informações da ars technica, um desenvolvedor achou uma forma de hackear o “App Runtime for Chrome”, extensão do Chrome OS que garante a compatibilidade parcial com o Android, para rodar (quase) qualquer app disponível na Google Play.

O mais interessante é que os apps podem ser executados em qualquer plataforma em que o navegador Google Chrome esteja disponível: ou seja, no Windows, Mac e Linux.

Ferramentas

Para facilitar o processo de execução, o programador criou uma extensão chamada ARChon que permite que os apps sejam simplesmente arrastados até o Chrome. Primeiramente, no entanto, os programas devem ser convertidos através do chromeos-apk, já que o browser não aceita o formato APK.

Segundo Ron Amadeo, muitos apps rodam de forma instável e outros falham devido a problemas de dependências. Mesmo assim, o hack abre grandes possibilidades para o futuro do Chrome OS, já que há mais de 1,3 milhões de aplicativos na Google Play.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Hacker consegue rodar apps para Android em PCs com Windows, Mac e Linux