De acordo com um relatório divulgado recentemente pela F-Secure, conceituada empresa finlandesa de segurança cibernética, 99% das novas ameaças de dispositivos móveis encontradas no primeiro trimestre de 2014 tinham como alvo o sistema operacional Android.

Ao todo, 277 novas famílias de vírus foram encontradas pela companhia desde o início deste ano – 275 foram desenvolvidos para atacar o SO da Google. Dos malwares restantes, uma ameaça foi desenvolvida para iOS e a outra oferece perigo apenas para os usuários do Symbian. A título de comparação, podemos relembrar que 149 novas ameaças foram descobertas no último trimestre de 2013, sendo que 91% delas destinavam-se ao Android.

Entre os principais malwares encontrados pela F-Secure, destacam-se o primeiro bootkit detectado para o sistema operacional e um vírus capaz de usar o poder de processamento de um dispositivo para a mineração de criptomoedas, como o bitcoin e o litecoin. Também foi encontrada uma versão modificada de um banking trojan originalmente desenvolvido para Windows.

Vale observar que o malware encontrado para iPhone (IPHONEOS/ADTHIEF.A) só atinge aparelhos que sofreram o processo de jailbreak e não é capaz de roubar dados do usuário, restringindo-se a exibir banners publicitários na interface de apps aleatórios, gerando lucro para o cibercriminoso.

Cupons de desconto TecMundo: