Android segue crescendo de forma constante (Fonte da imagem: Divulgação/Google)

Se o Android já é indiscutivelmente o sistema operacional móvel mais utilizado em todo o planeta, saiba que esse cenário tem tudo para continuar inalterado nos próximos anos. E mais: ao que tudo indica, o SO da Google deve abrir ainda mais vantagem com relação aos seus concorrentes.

Isso é o que apontam os estudos da Gartner, uma empresa especializada em pesquisas e análises mercadológicas. Segundo a companhia, o crescimento na saída de aparelhos com sistema Android deve crescer 26% em 2014 (em comparação com o ano anterior).

Dessa forma, a previsão é de que mais de 1,1 bilhão de gadgets com sistema operacional Android sejam embarcados este ano. Isso deve levar o SO a um outro dado impressionante: em 2014 deverão existir mais de 2 bilhões de usuários ativos no Android.

Tabela mostra estudos da Gartner (Fonte da imagem: Reprodução/Gartner)

De acordo com a Gartner, esse crescimento estrondoso se deve a diversos fatores. O crescimento exponencial de mercados emergentes, por exemplo, é algo que ajuda (bastante) na aceleração desse crescimento nas vendas.

O fato de diversas companhias utilizarem o sistema operacional, algo que dá uma gama enorme de opções aos consumidores, também dá uma mão para o robozinho verde na hora de ele “duelar” com os outros sistemas, como o Windows Phone 8, da Microsoft, e o iOS, da Apple.

Tudo isso, aliado ao fato de que o preço de gadgets com Android é sempre mais acessível, faz com que o seu crescimento seja bem maior. Segundo a analista Annette Zimmerman , da Gartner, "não há dúvida de que existe claramente uma equação ‘volume x valor’, com usuários de Android comprando dispositivos mais baratos em comparação aos da Apple".

Demais eletrônicos

A empresa não deixou de fazer algumas previsões para o mercado de eletrônicos em geral. Se em números absolutos o Android deve dominar o mercado, outros dados interessantes mostram que o mundo da tecnologia segue em constante crescimento.

Vendas de tablets também se mostram sólidas (Fonte da imagem: Divulgação/Apple)

A Apple, por exemplo, deve ter um crescimento nas vendas de 28% com relação aos números atingidos em 2013, chegando à marca de 344 milhões de novos Macs, iPhones e iPads vendidos em 2014.

Já a Microsoft, com seus PCs, smartphones, tablets e notebooks, deve estar presente em 360 milhões de novos dispositivos, um crescimento relativamente pequeno se observados os números atingidos em 2013, quando a empresa vendeu 328 milhões de aparelhos novos.

Isso se deve ao fato de que nem tudo são flores no mundo da tecnologia. Segundo a Gartner, enquanto os portáteis seguem vendendo como água, as vendas de desktops e notebooks – mercados importantes para a Microsoft – vão diminuindo ano após ano. Em 2014, isso não deve ser diferente, com uma queda de 300 milhões de aparelhos vendidos em 2013 para 277 milhões em 2014.

Em compensação, se somados todos os mercados, as vendas de PCs, tablets, notebooks e smartphones devem ultrapassar a marca de 2,5 bilhões de gadgets em 2014 – algo que representa um ganho percentual de 7,7% em relação ao ano passado. E você, vai comprar algum novo eletrônico este ano?

Cupons de desconto TecMundo: