Discador do Android pode causar falhas de segurança em alguns aparelhos. (Fonte da imagem: Reprodução/Android SDK)

Uma característica do discador do Android parece estar sendo usada como brecha para a ação de aplicativos mal-intencionados. Eles estariam usando a possibilidade de páginas da internet de usar um prefixo especial para enviar dígitos ao telefone (para iniciar uma discagem a partir de um site, por exemplo) para execução de códigos que deletam todo o conteúdo do aparelho.

Quem informa é o site The Verge, reproduzindo dados divulgados por outras páginas. A princípio, acreditou-se que o problema poderia ser apenas de um dispositivo da Samsung, mas novas informações deram conta que smartphones de outras marcas (HTC e Motorola) também tiveram o mesmo problema.

Nos aparelhos expostos a essa falha, um site poderia usar códigos no discador para formatar o dispositivo sem a autorização do usuário. Isso quer dizer que você poderia ter todo o conteúdo do smartphone destruído, com ele retornando ao estado em que saiu da loja e causando alguns prejuízos para você.

Problema já corrigido

O blogueiro Dylan Reeve, que também relatou o problema, informou que o problema já havia sido identificado e corrigido pela Google no início deste ano, porém, alguns aparelhos mais recentes ainda podem estar desatualizados. Isso manteria aberta a brecha, expondo o dispositivo aos riscos citados acima.

A Samsung lançou hoje um pacote para correção do problema no Galaxy S3. Se você comprou um lançamento com Android recentemente e não tem certeza de que seu aparelho está protegido, o mais indicado no momento é instalar um discador alternativo.

Fonte: The Verge, Dylan Reeve

Cupons de desconto TecMundo: