Muita gente comemorou quando finalmente Super Mario Run perdeu a exclusividade do iOS e chegou ao Android, mas vários usuários não puderam aproveitar o game quando ele foi liberado na última quinta-feira (23).

Isso porque, aparentemente, o jogo da Nintendo não opera normalmente em dispositivos que já passaram por root — e erros como o "Código de assistência 804-5100" surgem na tela, impedindo a execução do app.

Mas você não precisa entrar em pânico: quem desbloqueou o aparelho não precisa necessariamente ficar sem o game. A comunidade já tem ao menos duas possíveis soluções para o problema, e vários relatos indicam que ao menos um dos métodos vai funcionar com você.

Opção 1: delete o arquivo "device.Account:.xml"

Após a mensagem de erro, feche o jogo e interrompa a atividade dele em segundo plano. Para prosseguir, é preciso baixar um gerenciador de arquivos para navegar pelas pastas do seu Android. Clique aqui para conhecer os melhores ou dê uma chance para o mais famoso da área, o ES File Explorer.

Com o serviço instalado, abra o app e faça o seguinte caminho no gerenciador de arquivos do armazenamento interno do dispositivo: data > data > com.nintendo.zara (caso não encontre, tente buscar pelo nome da pasta no app). Encontre o arquivo "device.Account:.xml" (sem as aspas) e apague-o do aparelho.

Pronto! Agora é só executar normalmente o Super Mario Run e sincronizar o game com uma Nintendo Account. Essa é uma solução temporária, e você provavelmente terá que excluir esse arquivo toda vez que for abrir o game.

Opção 2: use o Magisk

A segunda opção é usar o Magisk, a plataforma de personalização de interface mais famosa para aparelhos rootados.

Como o vídeo mostra acima, o passo a passo é bem fácil. Instale a versão 11.6 ou superior, libere o Magisk Hide e faça o teste SafetyNet. Se o resultado for positivo para tudo, tente abrir o Super Mario Run normalmente.

Cupons de desconto TecMundo: