Em maio deste ano, surgiu a notícia de que, na tentativa de acelerar as atualizações do Android, a Google estava criando uma “lista de vergonha” das fabricantes. A intenção desse método seria permitir que os consumidores decidissem somente pelas companhias que mantém o sistema em dia, deixando de lado aquelas que demoram a oferecer novas soluções e aprimoramentos de segurança.

Apesar de a companhia aparentemente já tem essa lista em mãos, até o momento ela não foi divulgada publicamente — algo que parece um tanto grave. Faltando poucos dias para o lançamento oficial do Android Nougat, muitos consumidores ainda estão esperando pela atualização Marshmallow (e diversos outros ainda estão “presos” ao KitKat).

Embora a falta de atualizações seja compreensível quando levamos em consideração produtos mais antigos, aparelhos ainda considerados atuais também sofrem com o problema. O LG G4 dual SIM (H818P) vendido no Brasil, por exemplo, ainda não recebeu a versão 6.0 do sistema — que já está disponível há um bom tempo na versão com um único cartão SIM.

A divulgação da “lista da vergonha” poderia não ajudar a eliminar o problema, mas ao menos ajudaria a saber quais são as fabricantes que se atém às suas promessas. Infelizmente, também seria preciso haver uma lista do tipo para as operadoras de telefonia celular que, muitas vezes, também têm grande responsabilidade em “segurar” algumas atualizações, forçando o público a recorrer a métodos alternativos para instalá-las.

Cupons de desconto TecMundo: