Ao que parece, as novidades em relação aos produtos da Google continuam surgindo em ritmo acelerado após a empresa realizar um evento abarrotado de informações quentes. Querendo alavancar mais a sua solução para pagamentos mobile, a Gigante das Buscas engatou uma nova estratégia para fazer com que o Android Pay seja percebido como um recurso maior do que apenas “pagar pelas suas compras em lojas físicas com o celular”.

Para viabilizar esse plano, a empresa liberou uma versão atualizada da API do serviço na quarta-feira (19), trazendo uma série de recursos adicionais ao aplicativo. Uma das novas funções integradas, por exemplo, chamada PaymentRequest, pode se comunicar facilmente com o Chrome e permitir que o internauta pule diversos passos na hora de efetivar suas aquisições no e-commerce. A ideia é que o cliente não precise mais preencher dados repetitivos – como endereço e forma de pagamento – a cada compra em um novo site.

A ideia é que você deixe os cartões em casa e pague tudo pelo aplicativo

Outra funcionalidade, de nome Save to Android Pay, torna muito mais fácil para as empresas criarem programas de fidelidade ou de vantagens para seus consumidores mais dedicados – sem que precisem aborrecê-los com qualquer tipo de burocracia. Claro que, apesar de as ferramentas já estarem disponíveis, ainda vai ser necessário contar com a adoção das novidades por parte de comércio, usuários e entidade financeiras.

A própria Google, aliás, já está mexendo seus pauzinhos para garantir que, pelo menos nos EUA, isso se torne realidade muito em breve. Segundo Pali Bhat, diretor sênior de produto, a companhia já anda conversando um uma série de bancos para que seja possível integrar o Android Pay nativamente em seus apps. A parceria tornaria muito mais natural para o consumidor usar o serviço de pagamentos da empresa de tecnologia, uma vez que bastaria um cadastro simples para que tudo funcionasse sem qualquer engasgo na experiência.

Embora o sistema da Google ainda seja um sonho distante para os brasileiros, lá fora ele já evoluiu a ponto de ser possível sacar dinheiro com o celular

Por fim, vale dizer que, embora o sistema da Google ainda seja um sonho distante para os brasileiros, lá fora ele já evoluiu a ponto de ser possível sacar dinheiro com o celular. Sim, clientes do Bank of America, nos EUA, já podem recorrer a alguns caixas eletrônicos específicos caso precisem de uma graninha e tenham esquecido em casa o cartão da conta. A expectativa é que a oferta desse tipo de facilidade cresça futuramente. Ficou interessado no tema? Confira a nossa matéria especial sobre pagamentos mobile!

Você costuma fazer pagamentos com o celular aqui no Brasil? Comente no Fórum do TecMundo!

Cupons de desconto TecMundo: