Os planos da AMD para a série R9 300 já estão parcialmente revelados. De acordo com alguns rumores, a companhia deve trazer para o mercado a nova linha de chips gráficos no dia 18 de junho de 2015. Agora, novas informações sugerem que a empresa vá “reutilizar” arquiteturas antigas para popular essa nova série de GPUs.

De acordo com o site VideoCardz, chips baseados na arquitetura AMD Hawaii – e outras, como a Tonga, Pitcairn, Bonaire, Oland e Caicos – vão estar presentes na série R9 300 com overclock e acréscimo de memória. Entretanto, é pouco provável que a empresa utilize a mesma nomenclatura para batizar as novas GPUs.

Tabela de chips gráficos "remarcados" a partir de arquiteturas anteriores.

“Rebranded”

Os chips gráficos da coluna “Rebranded” serão aqueles utilizados como base para a criação de algumas GPUs da série R9 300. No caso da R9 290, o aumento de memória será de 4 GB, o que também será acompanhado por um aumento de clock do processador e da memória.

Arquitetura Hawaii pode voltar na série Radeon 300.

Essas informações, obviamente, não são oficiais, e representam apenas uma das possíveis manobras que a AMD pode adotar para o lançamento da série R9 300 para o mercado. Será que dá para confirmar nos dados dessas tabelas?

Promoções com a R9 390X

Apesar de ainda não ter sido oficialmente anunciada, algumas promoções com a AMD Radeon R9 390X já começaram a pipocar na internet. Uma delas é a da fanpage europeia PowerColor, que promete sortear duas dessas GPUs para os usuários quer compartilharem a postagem da promoção – também há outras regras.

Promoção da PowerColor vai dar duas das placas ainda não anunciadas.

Verdadeira ou não, a promoção apenas diz que o “chip gráfico mais avançado do mundo” está prestes a chegar, o que deve acontecer no próximo mês. Preparados para essa revelação da AMD?

Cupons de desconto TecMundo: