A briga entre as duas maiores fabricantes de processadores gráficos do mundo tem uma longa história e os seus principais aspectos são muito mais do que simplesmente os números de vendas ou a presença em determinada plataforma. A AMD e a NVIDIA lutam, basicamente, para ver quem é a melhor empresa naquilo que fazem, embate que já teve altos e baixos para ambas as companhias.

Nessa briga, parece que a AMD está dando um passo bem largo em direção ao futuro ao anunciar que pretende investir nas tecnologias de fabricação de processadores utilizando a técnica de 16 nm, 14 nm e 10 nm. Para alcançar o feito, a empresa tornou público uma parceria com a companhia Synopsys, especializada em providenciar recursos e ferramentas para as corporações que querem fazer uma transição para processos mais avançados de produção.

Essa união sugere que a AMD possa trazer chips produzidos com essa técnica mais rapidamente e a um custo mais reduzido, já que agora estará otimizando seus processos para a tecnologia. No cenário atual, as empresas começaram a trabalhar com um processo de fabricação de no máximo 20 nm, o que indica que essa iniciativa da AMD pode levar um tempo para chegar de verdade.

Planejamento até 2016

Ainda se tratando da AMD, o esquema de planejamento da companhia para o mercado corporativo acabou vazando na web e sendo divulgado pelo site WCCFTech. A imagem mostra quais serão as pretensões da companhia para os próximos dois anos e inclui os chips gráficos e processadores para dispositivos móveis que a empresa também produz.

Cupons de desconto TecMundo: