A AMD anunciou a terceira geração de processadores acelerados (APUs) para dispositivos móveis populares de baixo consumo de energia. Combinando o que há de melhor em desempenho computacional, essas novas APUs móveis (anteriormente conhecidas pelos codinomes “Beema” e “Mullins”) são a escolha ideal para equipamentos corporativos e voltados a usuários finais.

As novas APUs móveis possuem até quatro núcleos de CPU x86 recém-projetados, gráficos AMD Radeon e uma solução de segurança de dados em nível de hardware baseada no ARMA Cortex A5, tudo em um único sistema no chip e com baixo consumo de energia. Os primeiros equipamentos baseados nesses novos processadores acelerados já foram anunciados pela Lenovo e pela Samsung. A expectativa é que, nos próximos meses, diversos fabricantes lancem produtos baseados nessas novas APUs.

Bernd Lienhard, vice-presidente corporativo e gerente-geral de produtos de clientes da AMD, endossou o novo produto. “Quando projetamos nossas APUs de 2014 para os segmentos populares e de baixo consumo de energia, estávamos determinados a mais uma vez definir um padrão em gráficos e performance computacional como um todo para a categoria de equipamentos sem ventilação. E fizemos exatamente isso. Esses processadores combinam experiências que vão encantar os usuários finais e corporativos em um pacote com uma impressionante eficiência energética”, explicou o executivo.

Atributos e segurança reforçada

Conforme mencionado, as novas APUs são projetadas para dispositivos móveis voltados a usuários finais e corporativos de todas as formas e tamanhos – que vão desde tablets a notebooks 2-em-1 destacáveis e conversíveis e laptops ultrafinos com tela pequena. As APUs possuem até quatro núcleos “Puma+” de CPU x86 e gráficos AMD R-Series Radeon baseados na arquitetura “Graphics Core Next” (GCN), que promete um desempenho mais rápido, melhor qualidade de imagem e menor consumo de energia. Os recursos de gerenciamento de energia adicionais integrados nas APUs incluem:

  • Tecnologia AMD Enduro, que possibilita maior tempo de vida útil de bateria;
  • Tecnologia AMD Start Now, voltada para inicialização e recuperação rápidas do modo suspensão;
  • Tecnologia AMD Turbo Core, que identifica quando uma tarefa de computação exige maior desempenho.

Experiência em jogos

As APUs buscam entregar um alto poder de computação e experiência otimizada de jogos com DirectX 11.

Por meio de um conjunto de recursos e melhorias proporcionados pela engenharia, essas novas APUs apresentam incrementos de desempenho quando comparadas com as gerações anteriores da AMD. E isso inclui:

  • Melhoria de até 100% em desempenho gráfico por watt em relação à geração anterior (Kabini);
  • Até 20% de redução de potência em relação à geração anterior;
  • Mais suporte de memória se comparado com a geração anterior para DDR3-1866;
  • Mais de 50% de melhoria em performance gráfica e desempenho computacional;
  • Até três vezes mais em desempenho gráfico e melhora de mais de 35% na performance do sistema.

Experiência para o usuário geral

Junto com o conjunto de recursos de hardware e melhorias de desempenho, esses novos processadores têm também várias funções de software exclusivas para ajudar usuários gerais:

  • AMD Gesture Control: permite o controle “touch-free” (sem toque) de aplicativos populares por meio de gestos com as mãos;
  • AMD Face Login: usa reconhecimento facial para login em sites populares;
  • Premium BlueStacks otimizados para AMD: traz uma experiência Android completa e ideal para PCs com Windows;
  • Tecnologia AMD Quick Stream: oferece streaming de vídeo praticamente ininterrupto;
  • AMD Perfect Picture: aumenta a qualidade de imagem automaticamente para melhor cor, contraste e resolução;
  • Tecnologia AMD Steady Video: reduz vídeos trêmulos com um único clique.

Para mais informações, visite o site da AMD clicando aqui.

Cupons de desconto TecMundo: