(Fonte da imagem: Reprodução/Geeky Gadgets.)

Em entrevista ao GamingBolt, o executivo da AMD, Robert Hallock, afirmou que as declarações da NVIDIA sobre os lucros com a próxima geração de consoles soam como “dor de cotovelo”. No começo do ano, a fabricante das placas GeForce havia alegado ter abandonado a competição pelos processadores dos video games porque a margem de ganho seria muito pequena.

Para Hallock, a posição adotada pela concorrente passa a impressão de se tratar de inveja. A AMD acabou conquistando a concorrência e se tornou responsável pela fabricação dos processadores tanto do PlayStation 4 quanto do Xbox One, além de fazer parte do dos componentes do Wii U.

O executivo citou ainda John Carmack, uma das lendas da indústria, em sua afirmação de que a realidade é que a padronização do hardware das plataformas vai fazer com que “seja mais barato e mais fácil desenvolver jogos para múltiplas plataformas”.

Ecossistema favorável

Além disso, Hallock acredita que o estabelecimento de um padrão nos componentes dos consoles vai também melhorar a qualidade dos games em si, uma vez que os criadores passarão mais tempo os aperfeiçoando, em vez de se adaptando a especificidades de cada arquitetura.

“Estamos muito orgulhosos de ajudar a possibilitar esse tipo de ecossistema para os desenvolvedores de jogos e animados por essa realidade ser movida quase exclusivamente pelo nosso hardware. Não consigo imaginar por que alguém espontaneamente iria abrir mão de uma situação tão favorável”, concluiu.

Via BJ

Cupons de desconto TecMundo: