A AMD está com os novos processadores Piledriver em fase de testes e adequações. E agora, uma empresa chamada Cyclos afirma ser a responsável pelas altas capacidades da próxima geração de chips da AMD. Segundo a Cyclos, uma tecnologia chamada "Resonant Clock Mesh" estaria sendo utilizada para permitir clocks de até 4 GHz (de fábrica, sem overclock) nos processadores.

Mas esse valor não seria conseguido durante todo o tempo, apenas em momentos mais críticos. O motivo é a similaridade da tecnologia com o KERS automobilístico: armazenar potência de processamento em vez de dissipá-la, para aumentar o "torque" no momento em que for necessário. Dessa maneira, não seriam necessários overclocks para que os núcleos do AMD Piledriver chegassem aos 4 GHz de clock. 

Cupons de desconto TecMundo: