A Amazon anunciou um campeonato que não só vai mexer com cursos de robótica de todo o mundo, mas também com a própria estrutura loja. Trata-se de uma "gincana" para descobrir qual é o melhor robô capaz de ir até uma prateleira do centro de armazenamento de produtos, selecionar um determinado item e encaixotá-lo em segurança para envio.

Por enquanto, esse trabalho nos depósitos da Amazon é feito por humanos com o auxílio de máquinas em certos passos. A ideia da empresa é automatizar ao máximo esse processo, mas antes é necessário encontrar a tecnologia mais adequada.

Os robôs participantes ganham pontos por localizar os produtos, que ficam em prateleiras cheias de outros objetos, além de levá-los a outro lugar e realizar o empacotamento sem danificar a embalagem. Derrubar uma caixa de bolhacas ou amassar um tubo de pasta de dentes pode ser fatal — e a equipe vencedora leva um prêmio de US$ 25 mil (cerca de R$ 79 mil) da gigante das vendas.

A tarefa da máquina é trabalhosa: identificar a forma física do item, saber como manipulá-lo e aplicar a força correta às vezes não é algo fácil nem para os seres humanos. São cerca de 30 equipes participantes e 25 objetos que devem ser recolhidos, com várias formas e tamanhos. O vídeo acima mostra uma fase preliminar de uma das equipes participantes.

A empresa já utiliza máquinas da fabricante Kiva, comprada pela Amazon em 2012. O vencedor do concurso não será necessariamente utilizado, claro, mas essa é uma boa pesquisa de campo — e um desafio adicional aos estudantes.

Cupons de desconto TecMundo: