Não há como negar que a Amazon é uma das maiores empresas do mercado online, perdendo apenas para gigantes como a Google, mas superando até mesmo serviços como o Facebook. Atualmente, ela vale nada menos que 121 bilhões de dólares e, mesmo tendo perdas frequentes no lugar de lucros, está entre as mais disputadas no mercado de ações.

Muitos que estão lendo este artigo devem achar tudo isso estranho – afinal, a Amazon não é apenas uma loja online? Na verdade, ela se tornou muito mais do que isso nos últimos anos, estendendo seu mercado para vários outros ramos.

Confira alguns dos fatores que estão fazendo dela uma gigante cada vez maior, que deve, em um futuro próximo, ameaçar todas aquelas que estão atualmente acima dela.

Crescimento sobre lucros

Um dos principais fatores que levaram a Amazon ao nível de sucesso que ela atingiu hoje está na filosofia seguida pela empresa nos primórdios de sua criação. Como mostrado no documentário “A Internet: Amazon e eBay (A bolha)”, o lema de Jeff Bezos, fundador da gigante, podia ser descrito como: “cresça muito rápido”.

Isso significava que, embora lucros fossem importantes, eles podiam ser sacrificados em prol de oferecer preços menores, resultando em mais clientes satisfeitos e um crescimento acelerado. O plano era arriscado, mas acabou se tornando uma das chaves para o sucesso da Amazon, que hoje consegue trazer produtos muito mais baratos e ainda sair ganhando com isso.

A dona dos e-books

É difícil pensar nas palavras “e-reader” ou “e-book” sem que “Amazon” ou “Kindle” venham à sua cabeça logo em seguida. E não é à toa: a Amazon é líder absoluta no mercado de livros digitais, com a maior biblioteca do ramo e preços que as concorrentes dificilmente podem bater. E esse monopólio está para se tornar ainda maior, segundo o The Verge.

(Fonte da imagem: Divulgação/Amazon)

O fato é que, em uma briga judicial de 2012, a Amazon ganhou liberdade total para estabelecer o preço que eles quiserem para a venda de e-books. Com isso, até mesmo os livros de maior sucesso passaram a ser vendidos a uma média de US$ 8,23 ( R$ 17), e baixando.

Transmissão de vídeo

Apesar do Netflix ainda ser o serviço de maior sucesso no mercado quando falamos de assistir a séries e filmes online, o Amazon Instant Video tem conseguido um crescimento assustadoramente grande, tanto por estar adquirindo cada vez mais programas para sua biblioteca quanto por estar melhorando sua interface – além de adicionar conteúdo exclusivo, feito pela própria companhia.

(Fonte da imagem: Reprodução/The Verge)

Vale dizer, no entanto, que o serviço, até o momento, não vem dando lucros, assim como ocorre com a maioria dos projetos da Amazon em seus primeiros anos. Com o tempo, no entanto, as chances são grandes de que ela supere suas concorrentes.

Nuvem de dinheiro

O sistema do Amazon Web Services já existe no mercado desde 2006. De lá para cá, o serviço se tornou extremamente lucrativo para a Amazon: em 2012, o AWS trouxe 2,1 bilhões de dólares para a empresa.

Calcula-se que o valor de 2013 deva chegar a 3,8 bilhões e atingir incríveis 8,8 bilhões em 2015. Isso também quer dizer que a empresa tem uma enorme fonte de renda constante, que deve aumentar consideravelmente em um curto espaço de tempo.

Livre para investir

Todos os fatores descritos acima já devem ter levado você à conclusão de que os lucros da Amazon são simplesmente enormes – o que, de fato, é verdade.

(Fonte da imagem: iStock)

Logo, pode-se dizer que ela chegou ao mesmo nível da Google quando o assunto é investimento: ambas têm um “cofrinho” tão cheio que elas podem muito bem apostar no que quiserem, sejam novas tecnologias ou mercados pouco explorados, e falhar sem grandes problemas.

.....

Se atualmente a Amazon já se mostra uma grande ameaça para praticamente todas as empresas de tecnologia, só é possível imaginar o que ela trará para o futuro: analistas como Scott Devit preveem que o ramo de compras online vai dobrar até 2016 e que a gigante deve dominar 23,5% desse mercado de um trilhão de dólares.

Caso isso realmente se torne verdade, podemos esperar que, em um futuro próximo, a Amazon tome o trono até mesmo das maiores companhias.

Cupons de desconto TecMundo: