Enquanto a Uber, Ford, Waymo (da Alphabet) e inúmeras outras empresas estão encabeçando a corrida para decidir quem terá os primeiros veículos totalmente autônomos disponíveis no mercado, algumas gigantes da tecnologia estão encarando essa tendência de outra forma. De acordo com reportagem do Wall Street Journal, a Amazon formou um time cujo objetivo é analisar o potencial de utilização de automóveis sem motoristas nos negócios da companhia.

Com cerca de uma dúzia de funcionários, a equipe teria sido criada há cerca de um ano não para desenvolver veículos autônomos para a Gigante das Vendas Online, mas sim para pensar como eles poderão ser usados no futuro. A Amazon poderia adquirir caminhões, empilhadeiras e até drones totalmente independentes, que a auxiliariam a fazer entregas de forma mais rápida.

Não faltam possibilidades

Opções de ideias potencialmente interessantes para a companhia não faltam. Recentemente, a Ford apresentou um conceito de van autônoma que seria capaz de carregar mercadorias e drones capazes de transportá-las diretamente para as varandas do apartamento dos consumidores.

Além disso, empresas como Volvo e Otto já realizaram testes com grandes carretas sem motorista, uma tecnologia que poderia facilmente beneficiar os serviços de entrega da Amazon – e é exatamente nisso que a companhia está ponderando. Ainda assim, deve levar um bom tempo até que os veículos autônomos sejam incorporador aos negócios da Gigante da Vendas.

-----

E se o Tecmundo fizesse eventos presenciais para discutir os temas mais interessantes relacionados a tecnologia? Cadastre-se no Tecspot e saiba tudo em primeira mão!

Cupons de desconto TecMundo: