Embora isso não aconteça todos os dias, é comum descobrir relatos de crianças que usaram tecnologias para fazer encomendas sem a autorização de seus pais. O que não é tão frequente é saber que uma matéria televisiva sobre o assunto rendeu diversas encomendas de casas de boneca para diversos telespectadores — algo que ocorreu nos Estados Unidos.

A história aconteceu quando, através do assistente de voz Alexa do Amazon Echo, uma garota de 6 anos encomendou uma casa de bonecas por acidente na internet. Seus pais logo perceberam o erro e doaram o brinquedo para um instituto de caridade — história que foi reproduzida pelo programa CW6 News de San Diego.

O Amazon Echo pode fazer compras na internet através de seu assistente de voz Alexa

O que fez essa história ficar mais complexa foi o comentário do âncora Jim Patton, que falou “eu adoro como a pequena garota diz ‘Alexa me encomendou uma casa de bonecas”. Essa frase simples foi registrada pelo Amazon Echo de diversos consumidores, que relataram que uma encomenda do tipo foi feita por seus aparelhos.

Segundo Patton, sua emissora recebeu diversos relatos de pessoas que tiveram problemas após a reportagem, mas não soube determinar quais foram os números exatos de casos. Ciente dos problemas que comandos de voz podem causar, a Amazon colocou bloqueios no Alexa que a impedem de realizar compras por falas e a inserção de senhas para confirmar transações — opções que parecem não ter ficado claras para muitos consumidores que agora vão ter que lidar com algumas encomendas indesejadas.

Cupons de desconto TecMundo: