(Fonte da imagem: Reprodução/Engadget)

A Acer vem tentando se reinventar desde o final da era de predomínio dos netbooks – período em que a companhia taiwanesa teve um rápido crescimento e que serviu para deixá-la desorientada quando os consumidores mudaram para outros tipos de aparelhos. Para complicar ainda mais as coisas, o CEO e líder do conselho da empresa J. T. Wang anunciou recentemente sua renúncia, expressando arrependimento por ter falhado com a fabricante.

Apenas algumas semanas depois do ocorrido, veio a público a surpreendente notícia de que o fundador da Acer, Stan Shih, deve assumir imediatamente ambos os cargos. Jim Wong, que vinha ocupando as funções provisoriamente e estava cotado para assumir a posição de CEO no começo do ano que vem, foi deixado de lado em prol da concentração do poder de tomada de decisões nas mãos do executivo até então aposentado.

Segundo a companhia, tanto Wang quanto Wong serão mantidos como conselheiros para garantir uma transição mais suave. A empresa afirma que a decisão foi tomada para ampliar a eficiência na tomada de decisões e que Shih deve permanecer no comando até que um candidato apropriado para substituí-lo seja escolhido. O cofundador da Acer George Huang também voltará à equipe de gestão.

Tomando a coroa

Com a reestruturação realizada na companhia em 5 de novembro, Huang e Shih foram encarregados com a liderança de um comitê que busca recomendar o direcionamento futuro da empresa, propondo mudanças em sua visão, sua estratégia e seus planos de execução. A mudança na chefia evidencia que eles decidiram que o melhor caminho era resolver a questão com as próprias mãos.

O fundador, que deve trabalhar sem receber salário, afirma que as mudanças atuais são essenciais. “Devido à situação que a Acer enfrenta agora e às minhas responsabilidades sociais e pessoais, eu devo me erguer e tomar a coroa”, concluiu.

Cupons de desconto TecMundo: