Laptops da Acer com Windows 8 não foram bem no mercado. (Fonte da imagem: Divulgação/Acer)

A Acer passou por um período difícil após registrar perdas nos dois últimos anos, mas parece enxergar uma luz no fim do túnel – e a esperança é o Chrome OS, já que aparelhos que levam o sistema operacional da Google mostraram bons números de vendas, sendo responsáveis por 10% da receita da companhia.

Os dados são do presidente da Acer, Jim Wong, que aproveitou o momento para criticar o Windows 8. Segundo ele, o sistema operacional em si não é um sucesso e não fez com que o mercado crescesse em nenhum momento desde seu lançamento, o que prejudica a venda dos aparelhos.

E a Acer tem motivos para comemorar, já que os gastos com publicidade para os Chromebooks foram muito menores que os concorrentes, mas as vendas se mostraram maiores justamente nesses aparelhos.

O Chrome ainda teria o fator segurança a seu favor, além do preço de venda, que é normalmente menor. E a Microsoft não é bem vista por Wong: segundo ele, a empresa avalia se lança ou não um tablet com Windows RT para o segundo semestre.

Cupons de desconto TecMundo: