Através de nota à imprensa, a operadora norte-americana Verizon afirmou que pretende agilizar o desenvolvimento e implementação de redes 5G nos Estados Unidos. O objetivo, ainda segunda a empresa, é garantir que haja uma rede comercial usando essa tecnologia até o ano de 2020, ou, se possível, antes. A empresa revelou que pretende iniciar testes de campo com a transmissão móvel de dados em ultra banda larga a partir de 2016.

De acordo com testes preliminares, a tecnologia 5G da Verizon tem alcançado velocidades entre 30 e 50 vezes maiores que o 4G LTE. Isso é ainda maior do que o oferecido pelo Google Fiber, iniciativa da Gigantes das Buscas para redes cabeadas que prometia transferências na casa dos gigabits.

Redes 5G da Verizon prometem ser muito rápidas.

Muito rápido

Para uma questão de comparação, considere o filme Guardiões da Galáxia, da Marvel. Em uma conexão LTE tradicional, a produções levaria seis minutos para ser baixada por completo. Utilizando a rede experimental 5G da Verizon, esse tempo reduziria para apenas 15 segundos.

As empresas que participarão dos testes – Alcatel-Lucent, Cisco, Ericsson, Nokia, Qualcomm e Samsung – formaram, em agosto, um fórum dedicado apenas para o desenvolvimento da quinta geração de redes celulares. De acordo com o planejamento da Verizon, os pontos de testes serão instalados nos centros de inovação da empresa em Massachussets e Califórnia.

Que comece a corrida pelo desenvolvimento do 5G.

Que comece a corrida

“O 5G não é mais um sonho de um futuro distante. Sentimos um tremendo senso de urgência para acelerar a tecnologia e mobilizar o ecossistema ao colaborar com os líderes da indústria e desenvolvedores”, diz, por meio de nota, Roger Gurnani, vice-presidente executivo da Verizon.

Diante de iniciativas asiáticas nesse campo – como as da Samsung –, a operadora norte-americana quer assumir a dianteira na corrida do desenvolvimento da quinta geração das redes de celulares. Empresas europeias também já flertam com essa tecnologia. Mas um dos principais fatores que motivaram o início dessa empreitada é a redução no ritmo do crescimento do 4G nos Estados Unidos, o que é demonstrado por um relatório da GSA, associação de fornecedores de infraestrutura.

Verizon vai começar testes com o 5G já em 2016. Acha que é muito cedo? Comente no Fórum do TecMundo!

Cupons de desconto TecMundo: