O Fujitsu Laboratories, centro de pesquisa subsidiário da Fujitsu, anunciou que está desenvolvendo uma nova tecnologia que possibilita conexões sem fio com a internet com mais de 10 Gbps de velocidade e baixo consumo de energia. A ideia é aplicar esse método ao novo padrão de conectividade móvel, o 5G, que ainda está em padronização. Já existe, entretanto, uma expectativa de implementação inicial para 2020, mas ainda não sabemos quando exatamente o 5G pode chegar ao Brasil.

Difícil manter uma conexão de alta frequência com baixo nível interferência

Vale destacar que essa novidade da Fujitsu é relevante justamente pelo fato de ser difícil manter uma conexão de alta frequência com baixo nível interferência. O laboratório conseguiu ainda testar esse novo padrão com vários aparelhos conectados à essa rede simultaneamente. Com isso, a companhia espera provar que sua tecnologia é capaz de lidar bem com áreas muito congestionadas para redes móveis atualmente.

Foi destacado também que essa novidade é basicamente uma evolução do padrão conhecido como “beamforming hybrid”, desenvolvido com foco no desempenho e menor uso de circuitos para economizar energia. O problema principal era a questão da interferência, que baixava a velocidade da conexão significativamente.

Com isso fora de questão, o padrão se tornou viável por ser bem estável em todos os aspectos. Segundo a desenvolvedora, uma conexão feita nesse método consumiria praticamente a mesma quantidade de energia que o padrão WiFi em um smartphone.

Cupons de desconto TecMundo: