5G no Brasil: plano mais barato poderá custar R$ 250

1 min de leitura
Imagem de: 5G no Brasil: plano mais barato poderá custar R$ 250
Imagem: Shutterstock/Reprodução
Avatar do autor

Após o leilão em novembro do ano passado, os brasileiros estão cada vez mais ansiosos para ter a tecnologia 5G na palma da mão. Mas ao que tudo indica, os preços da nova conexão devem chegar mais salgados do que o 4G para os consumidores.

Estimativas iniciais de uma das operadoras vencedoras apontam que o preço mais em conta da tecnologia deve ser de, ao menos, R$ 250 por mês em faturas pós-pagas, além de contar com restrição de dados.

A expectativa é que as operadoras sigam os preços internacionais, até que a crescente massificação do serviço derrube os preços de chips e dos smartphones que suportam a tecnologia. As empresas vencedoras do leilão esperam chegar a pelo menos 500 milhões de acessos em três anos.

Até lá, as operadoras pretendem migrar os clientes que utilizam conexão 4G para o chamado 5G DSS. Resumidamente, o serviço usa as frequências do 4G para atingir velocidades próximas ao 5G. Assim, os preços continuariam os mesmos até a chegada da versão "pura" da nova conexão, a chamada standalone, que deve chegar em julho de 2023.

Empresas e o 5G

Segundo executivos da Claro e da Vivo, duas das vencedoras do leilão, as empresas terão um papel fundamental na queda de preços para a população geral. Isso porque grandes companhias já estão planejando novas formas de modernizar seus processos utilizando a nova tecnologia. Para eles, o agronegócio e a indústria devem ser os principais consumidores no primeiro momento.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.
Você sabia que o TecMundo está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.