(Fonte da imagem: Divulgação/Vivo)

A Vivo já está trabalhando em projetos de infraestrutura para que as redes 4G estejam funcionando a todo vapor durante a Copa do Mundo de 2014. A empresa está preocupada com os picos de acesso às redes de comunicação de dados de quarta geração enquanto as partidas da competição estiverem rolando.

De acordo com Gilmar Camurra, diretor financeiro da operadora, o grande problema encontrado para tirar esse planejamento do papel são as restrições de instalação das antenas, devido a algumas imposições das legislações municipais.

Segundo a Agência Estado, o executivo ainda comentou que as transmissões de 4G (que possuem frequência de 2,5 GHz) exigem um número muito maior de antenas do que as redes 3G que estamos acostumados a usar.

Camurra ainda disse que a Vivo seguirá rigorosamente o cronograma de implementação da nova tecnologia conforme a licitação vencida em junho deste ano. A operadora deve oferecer o sinal 4G nas cidades-sede da Copa das Confederações até abril de 2013. A empresa tem uma programação de investimento que chega a R$ 24 bilhões.

Fonte: Agência Estado

Cupons de desconto TecMundo: