Empresa terá que atender todos os municípios nos próximo seis anos. (Fonte da imagem: Divulgação/Vivo)

A Anatel autorizou a operadora Vivo a realinhar as frequências da subfaixa “L” para a distribuição do serviço de internet 3G em mais localidades no interior do Brasil. Com isso, a empresa poderá atender 206 novos municípios com sua internet móvel. Para a grande maioria deles, essa será a primeira operadora a operar a tecnologia em seus territórios.

Cinco municípios recém-emancipados - Mujuí dos Campos, no Pará; Pescaria Brava e Balneário Rincão, em Santa Catarina; Pinto Bandeira, no Rio Grande do Sul; e Paraíso das Águas, no Mato Grosso do Sul - deverão ser cobertos pela nova rede em até dois anos. A cobertura dos outros 201 municípios deverá ser distribuída proporcionalmente durante um período de seis anos. Todos eles têm cerca de 30 mil habitantes.

Além da instalação da rede em municípios que ainda não contavam com internet 3G, o realinhamento vai permitir que cidades como Camanducaia-MG, Pedra Preta-RN, e Bananal-SP possam contar com mais de uma empresa operando o serviço, o que deve representar uma queda de preços por conta da concorrência.

Para realizar o processo de realinhamento da sua subfaixa, a Vivo terá que investir mais de R$ 480 milhões para a regularização das frequências, além de criar ainda estrutura em todas essas cidades nos próximos anos.

Cupons de desconto TecMundo: